• 78
  • 1
  • 1
  • 0

Pai de sobrevivente de cancro desenvolve app para ajudar crianças a preparar para o tratamento em hospital

Shared by JoanaSaraiva on 16/07/2019 - 16:25

Sobre a solução

A filha de Don, Issy, foi diagnosticada com um raro cancro ósseo chamado Sarcoma de Ewing em 2011, quando tinha 13 anos. Ela foi tratada em seis hospitais diferentes e fez 15 sessões de quimioterapia, além de muitas transfusões de sangue. Issy eventualmente viajou para os Estados Unidos por aquele país ter sido pioneiro na terapia com raios Proton.

Depois de a sua filha ter sobrevivo ao cancro, Dom decidiu criar uma aplicação projetada para ajudar outras crianças a preparar-se para tratamento hospitalar e fundou a sua própria empresa em torno do produto. "Quando ela tinha 13 anos foi diagnosticada com Sarcoma de Ewing. Agora, com 20 anos, já não tem cancro, mas quando se sentia doente ninguém lhe disse o que esperar e isso fê-la sentir-se assustada, ansiosa e sozinha. Mas o problema não era só de Issy. A informação para preparar crianças para hospitalização é pobre. Os poucos recursos que há nos hospitais, como livros e folhetos, desgastam-se rapidamente e a a sua substituição sai cara e não há funcionários suficientes para passar tempo com as crianças, preparando-as para os procedimentos. Mas a investigação mostra que se se der aos doentes informação antes do tratamento, o seu stress e ansiedade são reduzidos e os resultados clínicos são melhores. Dom Raban, co-fundador da Xploro e pai da Issy, decidiu que já era tempo de dar às crianças a informação que eles necessitam e merecem, então a sua empresa desenvolveu Xploro®", diz no website oficial.

Xploro é uma plataforma de informações sobre saúde que usa realidade aumentada, jogabilidade e inteligência artificial para fornecer informações de saúde a doentes jovens, de forma que os faz sentir mais capazes, envolvidos e informados, enquanto se divertem ao mesmo tempo.

"Ao colocar informação de saúde nas mãos das crianças, usando linguagem que eles entendem e paradigmas de interação com os quais estão familiarizados, temos como objetivo reduzir o stress e ansiedade e melhor os resultados clínicos. Ao reduzir o medo associado aos procedimentos, reduzimos a probabilidade de ter de repetir procedimentos e tretantos minimizar o tempo dos tratamentos. Por fim, ao melhor a literacia de saúde das crianças, estamos a estabelecer as bases para uma geração de doentes que sabem gerir melhor a sua saúde", explica o website oficial.

Dom disse que a sua filha se sentiu "isolada e assustada" porque não recebeu informações suficientes sobre o seu tratamento.

A app, Xploro, está a ser testada no Royal Manchester Children's Hospital e no hospital The Christie.

Adaptado de: https://bbc.in/2XLpQhT

Mais informações em: https://xploro.health

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Dom Raban, do Reino Unido, criou uma app, em 2019, para ajudar crianças, como a sua filha, a preparar-se para tratamentos contra o cancro no hospital.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar