• 2127
  • 0
  • 0
  • 0

Pai inventa brinquedo para ajudar a sua filha a aprender Braille

Partilhado por Ana Duarte a 20/02/2018 - 10:51

Sobre a solução

Rebecca sofre de síndrome de Usher, uma doença rara que afeta a audição, equilíbrio e visão.

A família tentou aprender linguagem gestual e ajustar a sua vida a Rebecca, que estará completamente cega quando atingir a adolescência. O pai procurou brinquedos para crianças com deficiências visuais, mas não havia opções válidas para a situação da menina no mercado.

"Quando uma criança nasce com visão normal, eles são imersos em linguagem e eles têm acesso a brinquedos pequenos com letras e palavras, então o que decidimos fazer foi construir para a Rebecca o seu próprio brinquedo", explicou Jacob.

O pai trabalha como engenheiro numa empresa de tecnologia e decidiu criar um brinquedo que ajudaria a ensinar palavras de Rebecca usando Braille.

A invenção - BecDot - consiste numa caixa retangular impressa em 3D que introduz as crianças à utilização do Braille usando brinquedos e letras pequenas e coloridas. O brinquedo funciona com uma app que permite à família programar palavras para o gadget.

"Se colocar uma vaca no aparelho, faz " moo " e ela simplesmente adora. Quando ela coloca um brinquedo, os pequenos pontos aparecem e isso serve para que ela identifique o que o brinquedo é", disse o inventor.

O engenheiro quer fazer este dispositivo tão barato quanto possível e produzi-lo em massa para que possa estar disponível para crianças com deficiências visuais em todo o mundo.

Há muitas crianças cegas... Estou fazer o produto por menos de cem dólares para que possa entrar nas mãos das crianças que talvez não possam pagar ", afirmou.

Jacob ainda está a trabalhar no projeto, mas o BecDot já recebeu um prémio no Consumer Electronics Show em Las Vegas (Not Impossible Limitless Award).

Mais informações: https://memoriesforbecca.com/

Adaptado de: http://bit.ly/2BSMABe

https://www.youtube.com/watch?v=AzbWyZv5cfc

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Jacob Lacourse, nascido em 1980, nos EUA, é pai de Rebecca: uma menina nascida em 2016 que nasceu surda e está a ficar cega. Jacob não encontrou muitos brinquedos para crianças com deficiências visuais e ele também queria arranjar uma maneira de ensinar Braille à sua filha. Ao combinar essas duas necessidades, ele desenvolveu BecDot, uma caixa retangular impressa em 3D que introduz às crianças as palavras em Braille, usando brinquedos e letras pequenas e coloridas.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar