• 1716
  • 1
  • 1
  • 0

Mãe inventa skate especial para filho com paralisia cerebral

Partilhado por JoanaSaraiva a 23/10/2019 - 11:56

Sobre a solução

O filho de Laura, João, nasceu em 2012. Quando ele tinha quase dois anos, foi diagnosticado com paralisia cerebral.

A paralisia cerebral é um grupo de distúrbios permanentes do movimento que aparecem em crianças pequenas. Pode causar má coordenação, fraqueza muscular e tremores, além de problemas com sensação, visão, audição e fala, pensamento e raciocínio.

Desde o diagnóstico, Laura tenta ajudar o filho a melhorar e lidar melhor com a vida cotidiana. Aos seis anos de idade, João já se podia sentar sozinho e conversar e agora, aos sete anos, tem uma rotina muito parecida com outras crianças.

Este ano, João decidiu que queria andar de skate e a sua mãe desenvolveu, com a ajuda de um projeto chamado Skate Amina, um skate adaptado.

A inovação consiste basicamente num skate conectado a um suporte externo, que também é conectado ao usuário e o rodeia, garantindo a sua estabilidade. Desta forma, um adulto pode simplesmente empurrar o suporte no parque de skate, para que a criança possa andar de skate.

O projeto Skate Amina atua desde 2015 no espaço de fisioterapia neurofuncional de Porto Alegre, no Brasil, que tenta levar o desporto a crianças com doenças neurológicas.

Laura compartilha na página do Facebook 'Avante Leãozinho' o progresso que o seu filho faz.

Adaptado de: http://bit.ly/2Pb2KMc
Mais informações: http://bit.ly/2pJM7MX
Vídeo: http://bit.ly/2o9ihkw

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Laura Costa Patrón, do Brasil, desenvolveu um skate especial para o filho que sofre de paralisia cerebral.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar