• 1361
  • 0
  • 0
  • 0

Estudante inventa capacete para alertar o utilizador em caso de concussão

Partilhado por Ana Duarte a 02/09/2019 - 13:30

Sobre a solução

Adrian era jogador de futebol americano até ser diagnosticado com epilepsia pediátrica. Segundo os médicos, esta condição foi causada por uma concussão não detetada.

Isso levou o rapaz a criar um capacete que pode alertar um jogador caso ele tenha uma lesão na cabeça.

O seu diagnóstico inspirou o aluno a criar um capacete capaz de alertar um jogador sobre uma possível lesão na cabeça.

"Modifiquei o meu protótipo para onde, uma vez atingido com 85 a 90 G de força, o paintball explode. Isso não precisa ser o caso de qualquer outro jogador. Quero proteger o futuro de todos os jogadores e a sua carreira", aluno explicou.

Adrian entrou com o seu capacete na Feira Internacional de Ciência e Engenharia e chegou até a final. Agora ele está a trabalhar com médicos e outros cientistas para registar uma patente para o seu capacete.

Adaptado de: https://abc13.co/2kp3W1B
https://www.youtube.com/watch?v=fLZDY9VcaiU

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Adrian Alamillo, nascido nos EUA, em 2002, era um estudante do ensino secundário que jogava futebol e construiu, em 2019, um capacete para detetar concussões.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar