• 84
  • 1
  • 1
  • 0

Homem com implante coclear desenvolve app para ajudar os outros

Shared by JoanaSaraiva on 07/08/2019 - 01:16

Sobre a solução

Elliot Miller teve de colocar um implante coclear. No entanto, depois de passar pelo processo de orientação, ele pensou que não o preparou totalmente para a vida quotidiana. "Pouco depois de ligar o implante, saí para correr e ouvi o som de tilintar e não consegui descobrir o que era", disse Miller. "Quando eu parava de correr, o tilintar parava. Foi só quando cheguei a casa que percebi que eram as moedas no meu bolso".

De acordo com Miller, a maioria das pessoas não percebe quão esmagador cada som pode ser para alguém que já foi surdo. "Para algumas pessoas, é literalmente como aprender um novo idioma", diz ele.

Os implantes cocleares são considerados um grande avanço médico, pois permitem que as pessoas que sofrem de surdez possam ouvir. A surdez profunda afeta milhares de pessoas na Austrália e mais de 300 implantaram os implantes cocleares. Ao contrário dos aparelhos auditivos, que simplesmente ampliam os sons, os implantes cocleares são colocados cirurgicamente no canal auditivo e imitam a função do ouvido interno. Isso acontece ao usar estimulação elétrica.

Miller decidiu criar uma aplicação que ajudaria outras pessoas com implantes cocleares a aprender como lidar com a vida quotidiana após o dispositivo estar ligado.

Depois de lançar a sua ideia na Hackathon de Queensland eHealth 2018, ele foi contactado pela unidade de audiologia no Royal Brisbane e pelo hospital feminino.

A aplicação de Miller, chamada Hearoes, permitiu transformar a aprendizagem baseada em papel num programa interativo. "Fazemos treino auditivo com doentes, mas geralmente são folhetos chatos como trabalhos de casa", disse Rose, líder da unidade de audiologia, "porque a app é tão envolvente - as pessoas podem fazer isso em casa no seu próprio horário. Esperamos que a conformidade vá disparar.”

As pessoas que se estão a inclinar para viver com os implantes cocleares precisam entender quais sons são inofensivos e quais representam perigo. Para eles, distinguir, por exemplo, entre uma risada alta e um grito alto pode ser difícil.

"As pessoas pensam que é como colocar óculos e de repente você pode ver, mas para os implantes é uma maneira completamente diferente de ouvir", disse Rose.

Hearoes permite que os utilizadores mantenham contacto com profissionais de saúde, o que é especialmente valioso em áreas regionais.

A app está disponível no Google Play.

Adaptado de: http://bit.ly/33gGPYz
Mais informações: http://bit.ly/31kQHyF

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Elliot Miller, da Austrália, desenvolveu uma app para ajudar pessoas com implantes cocleares, como ele, a aprender a adaptar-se à vida quotidiana.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar