• 2181
  • 3
  • 2
  • 0

Menina inventa dispositivo para doentes com esclerose múltipla

Partilhado por Ana Duarte a 01/08/2017 - 09:10

Sobre a solução

Esta inovação funciona como um dispositivo de terapia, ajudando os doentes a melhorar a sua destreza graças a exercícios específicos.

Lauren criou o auxílio usando uma impressora 3D, e esta solução tem como objetivo neutralizar o fecho das mãos devido aos espasmos.

Depois de ir para um hackathon, Lauren encontrou-se com engenheiros, bem como com a empresa Nuwave Ventures.

Eles ajudaram-na a melhorar a ferramenta, tornando-se um dispositivo inteligente que pode dar feedback imediato à medida que os utilizadores realizam atividades - os sensores medem força, amplitude de movimento e o número de ações em um determinado momento.

Adaptado de: http://bit.ly/2voqDa4

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Lauren Murphy, da Irlanda, tem o pai, Gerard, com esclerose múltipla. Ela desenvolveu um dispositivo inteligente que ajuda esses doentes a segurar objetos. Lauren inventou este dispositivo depois de perceber o problema do "aperto" do seu pai, e queria ajudá-lo a obter uma maior destreza das mãos.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar