• 2665
  • 1
  • 1
  • 0

Mãe desenvolve gadget para o seu filho com deficiência visual

Partilhado por Ana Duarte a 20/07/2017 - 14:05

Sobre a solução

A inovação, ainda um protótipo, ajuda os deficientes visuais ao usar câmaras e lasers para examinar o solo ao redor do utilizador procurando esquinas, buracos, etc. Sempre que um obstáculo é encontrado, um alerta auditivo ou vibratório é enviado ao utilizador para que ele possa evitar a potencial armadilha.

Elaine, professora associada do Departamento de Engenharia Elétrica e Eletrónica da Universidade de Melbourne, começou a trabalhar nisso, juntando-se à Vision Australia e Guide Dogs Australia, para ver quais os aparelhos que já existiam para ajudar as pessoas com visão limitada e cujas necessidades não estavam a ser respondidas.

"Para mim, como engenheira, o objetivo é sempre fazer algo impactante e significativo - a natureza da minha pesquisa é que se deve olhar 20 anos à frente. Mas eu queria fazer algo tangível e ter um impacto real ", explicou a professora.

 O protótipo já foi testado nas ruas e a equipa está a trabalhar em tornar o dispositivo mais pequeno, refinando os lasers para que efetivamente funcionem sob todas as condições de luz e garantam que as câmaras possam processar os dados que lhe são enviados sobre obstáculos tão rapidamente quanto possível.

A equipe pretende tornar o produto final tão rentável quanto possível.

Adaptado de: http://bit.ly/2jFxLV5

https://youtu.be/TAEhsfy1_pw

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Elaine Wong, da Austrália, é uma professora que tem um filho com deficiência visual, Micah. Ela criou um dispositivo eletrónico que pode identificar os obstáculos que as bengalas tradicionais não conseguem capturar, tornando as pessoas mais independentes.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar