• 1744
  • 0
  • 0
  • 0

Doente desenvolve dispositivo para Asma

Shared by Ana Duarte on 31/01/2017 - 16:48

Sobre a solução

Este dispositivo consiste numa reformulação completa dos inaladores de aerossol existentes, tendo a característica única de ser o primeiro adesivo usável que monitora a saúde respiratória. O rastreamento é feito graças a uma aplicação móvel, via bluetooth.

O adesivo é semelhante a um estetoscópio e mantém o controlo das mudanças no trato respiratório superior, por meio de sensoriamento piezoelétrico captando frequências sibilos, fluxo em relação à inspiração / expiração etc.

Katherine foi inspirada pelo facto de ser asmática e sabe quantas pessoas morrem devido a sua condição a cada ano.

"Todas essas mortes são evitáveis. Parece haver uma tendência para subestimar a sua condição. Pode não se notar um ataque a chegar porque se está ocupado no trabalho durante o dia, então o adesivo vigia a sua respiração e dá-lhe a resposta tátil (vibração). Se se está ofegante, ele irá tocar em no utilizador duas vezes, e mantê-lo ciente da sua saúde ", disse a inventora.

Katherine é formada em design industrial, e foi reconhecida pelo prémio James Dyson, Red Dot e Design Young Australian Design Awards.

A designer já tem um protótipo funcional, e agora está à procura de financiamento para que possa distribuir a solução inovadora a nível mundial.

Adaptado de: http://bit.ly/2jQVl4N
https://youtu.be/PEusdvOB9WU

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Katherine Kawecki, nascida na Austrália, em 1994, sofre de asma e inventou Respia, em 2016, um sistema de gestão de asma - um adesivo - que rastreia e regista a saúde e o uso de medicação respiratória do utilizador.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar