• 203
  • 3
  • 1
  • 0
  • Help Ukraine

Mulher cega cria uma comunidade online para compartilhar dicas pessoais por e para viajantes cegos

Partilhado por Maria João Jacinto a 08/11/2022 - 18:20

Sobre a solução

O Blind Travelers Network (BTN) contém blogs escritos por vários viajantes cegos e com baixa visão que têm uma riqueza de conhecimento, experiência e conselhos para compartilhar. Esta seção também apresenta uma coluna de conselhos de um instrutor de orientação e mobilidade para cegos. Os utilizadores são bem-vindos para comentar, fazer perguntas e envolver-se em discussões com os outros utilizadores e outros leitores.
Na seção Avaliações, os utilizadores podem ler avaliações de resorts, navios de cruzeiro, museus, parques temáticos, restaurantes e outros lugares por outros viajantes cegos e com baixa visão. Ao contrário das revisões que você encontrará em outros recursos, as revisões aqui são todas escritas de uma perspectiva não visual ou de baixa visão. Os utilizadores também podem deixar suas próprias avaliações de lugares que visitaram para ajudar outras pessoas cegas que possam estar interessadas em viajar para lá no futuro.
Na seção Discussion Boards, os utilizadores podem fazer perguntas a outros viajantes cegos e com baixa visão e obter as respostas necessárias para tomar as melhores decisões de viagem. Este é o lugar para fazer perguntas e obter as informações necessárias. Este também é o lugar para compartilhar conselhos e discutir as ferramentas, técnicas e truques de viagem que funcionaram para cada usuário.
Na seção Eventos, os usuários podem planear encontros com outras pessoas cegas e com baixa visão na sua área, por exemplo reunir um grupo para participar de um festival, explorar um museu ou assistir a um concerto.

O Blind Travelers Network não se destina a substituir outros sites de viagens favoritos, como TripAdvisor, Yelp, Oyster e Cruise Critic. Ao planear férias ou excursão, a BTN incentiva os utilizadores a usar outros recursos convencionais para aprender o máximo possível sobre o seu destino e opções. Por exemplo, os utilizadores podem querer iniciar a sua pesquisa no BTN, obter algumas ideias de quais museus são mais amigáveis para cegos e, em seguida, obter informações mais gerais sobre esses museus em sites como Yelp e TripAdvisor.

“O objetivo é que as pessoas cegas acedam ao site e compartilhem informações sobre os lugares em que estiveram e façam perguntas sobre os lugares que desejam ir. É simples assim. Não se trata tanto de ser positivo ou negativo, mas de ser preciso.”, diz Stacy Cervenka, fundadora.

Em 2018, Stacy ganhou o Holman Prize, um prémio da LightHouse para cegos e deficientes visuais que financia as ambições de três indivíduos cegos.

Adaptado de: https://blindtravelersnetwork.org/, https://lighthouse-sf.org/2018/07/10/meet-stacy-cervenka-creating-an-onl... o-holman-prêmio/
https://youtu.be/bgDoMZEVwcI

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Stacy Cervenka vive com sua família em Lincoln, Nebraska.
Como uma pessoa cega desde jovem, ela começou a imaginar todas as maneiras pelas quais uma viagem poderia correr mal. Mas, por outro lado, ela também gostaria de descobrir para onde uma pessoa cega vai se divertir. É por isso que Stacy teve uma nova ideia para atender a uma necessidade que, estranhamente, ainda não foi atendida: a Blind Travelers Network. Pense no Yelp, Trip Advisor ou Cruise Critic – mas projetado para melhorar uma população que quer uma coisa, mais do que qualquer outra: informação.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar