• 1679
  • 2
  • 3
  • 0

Ex-refugiado desenvolve um jogo para mudar a mentalidade e promover a paz

Partilhado por Sara Di Fabio a 18/03/2020 - 11:02

Sobre a solução

Lual Mayen, um ex-refugiado do Sudão do Sul, construiu o videogame Salaam, que coloca o jogador na pele de um refugiado forçado a fugir de uma região devastada pela guerra.

O objetivo do videogame é conduzir uma mudança geracional de mentalidade, inspirando uma paz sustentável. Além disso, ao comprar comida, água e remédios no jogo, os rendimentos serão enviados para ajudar as pessoas que vivem em campos de refugiados.

O jogo começa com uma caravana de refugiados caminhando pela selva a caminho da segurança. De repente, tiros são disparados à distância e a caravana começa a correr. O pânico se inicia e seu personagem abre caminho para a frente do grupo. Um veículo militar aparece à frente e soldados disparam em sua direção. Agora sozinho, seu personagem desce o caminho mais próximo. Assim, o jogo começa.

Lual aprendeu a codificar e a criar videogames, graças aos recursos on-line, depois que sua mãe conseguiu comprar um laptop para ele. Graças a um amigo, Lual percebeu o poder dos videogames e como eles podem influenciar as pessoas. Portanto, ele queria criar um jogo para a paz e a resolução de conflitos. Ele fundou sua própria empresa de videogame em 2016, a Junub Games.

Adaptado de: https://junubgames.com/

Mais informações: https://www.youtube.com/watch?v=HjAzjHFpIYE
https://www.youtube.com/watch?v=Jz7YiSM-qEE
 
https://www.youtube.com/watch?v=Jz7YiSM-qEE

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Lual Mayen, 1995, do Sudão do Sul que vive nos EUA, escapou do país com seus pais durante a Segunda Guerra Civil do Sudão e foi criado em um campo de refugiados no norte de Uganda. Ele construiu seu primeiro videogame em um campo de refugiados. Desde então, ganhou vários prêmios de jogos e viajou pelo mundo falando sobre o poder dos videogames pela paz. Em 2016, ele fundou sua empresa de videogames Junub Games.

Categorias associadas a esta solução

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar