• 1429
  • 1
  • 1
  • 0

Estudante surdo inventa novos termos científicos de linguagem gestual

Partilhado por Ana Duarte a 23/10/2019 - 10:20

Sobre a solução

Algumas palavras científicas, como "desoxirribonucleotídeo", são muito difíceis de soletrar na linguagem gestual. Já era difícil para Liam acompanhar toda a carga de trabalho da faculdade, muito menos soletrar essas palavras científicas.

Embora existam algumas traduções da língua britânica de sinais (LBS) para palavras do vocabulário científico, é muito limitada para a comunicação em nível de faculdade. Isso estava a deixar Liam cada vez mais frustrado.

“Assistir os intérpretes numa palestra de uma hora é muito cansativo. Há muitas palavras novas e as palavras científicas geralmente são muito longas, como "desoxirribonucleotídeo" e "desoxirribonucleotídeo". Às vezes, o intérprete escrevia os dedos durante muito tempo e eu tinha que assistir. Criaríamos novos gestos, o que significava que seria mais fácil da próxima vez, mas também significava que eu tinha que aprender novos gestos que eram muito cansativos”, explicou o aluno.

Isso levou Liam a criar mais de 100 novos gestos (até julho de 2019) para palavras científicas que foram oficialmente reconhecidas na LBS formal.

Adaptado de: https://bit.ly/2ZemoMM

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Liam Mcmulkin, do Reino Unido, nasceu surdo. Por ter seguido o ensino superior, sentiu a necessidade de inventar novos termos de linguagem gestual para palavras científicas.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar