• 1156
  • 2
  • 1
  • 0

Estudante constrói dispositivo para proteger a audição de bebés prematuros

Partilhado por Ana Duarte a 22/08/2019 - 19:53

Sobre a solução

Olivia projetou esta touca para reduzir os sons prejudiciais, que podem ser ajustados para ser confortável sobre a cabeça do bebé. Mas primeiro ela surgiu com uma caixa de som e descobriu que materiais poderiam trabalhar para derrubar os decibéis, a fim de construir o aparelho auditivo especial para bebés prematuros.

“(Com) bebés prematuros, o seu sistema auditivo não está totalmente desenvolvido. Eles nascem cedo, então esses sons que podem parecer normais para nós estão realmente magoando os seus ouvidos. Eu sinto que é um problema muito bom para resolver. E eu sempre tive uma ligação especial com bebés prematuros”, explicou ela.

Depois de meses de pesquisa e tentativa e erro, Olivia surgiu com quatro materiais.

"Silicone, espuma, papel cartão e espuma", ela descreveu.

Esses materiais são colocados dentro do fone de ouvido, que podem ser ajustados para a cabeça dos bebés, funcionando como um aquecedor de cabeça e protetor auricular.

Olivia tem duas patentes pendentes e planeia testar o aparelho. O seu objetivo final é colocar esta invenção no mercado.

Adaptado de: https://bit.ly/2NijL87

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Olivia Washburn, nascida nos EUA, em 2005, desenvolveu, em 2019, uma touca para bebés prematuros usarem em unidades de terapia intensiva neonatais. A estudante inventou esse dispositivo porque também foi uma bebé prematura.

Categorias associadas a esta solução

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar