• 41
  • 0
  • 0
  • 0

Neta desenvolve livro para ajudar o seu avô que sofre de demência

Shared by Ana Duarte on 13/03/2019 - 17:48

Sobre a solução

A condição de Chuy está-se a deteriorar e Michaela queria ajudar.

"Eu decidi fazer um livro de recordações para o meu avô que tem demência e doença de Alzheimer, e que piorou desde que ele foi diagnosticado há sete anos", explicou ela.

O livro não tem mais do que duas fotos em cada página, combinadas com declarações que explicam quem ele é, quem é a esposa de quase 60 anos e quem são as pessoas no livro.

“As fotos são do casamento, aniversário e outros eventos. Eu escolhi principalmente fotos da minha avó porque ela é a pessoa com quem ele passa a maior parte do tempo ”, descreveu a inovadora.

Michaela foi levada a criar esse tipo de solução porque aprendeu que os dispositivos de comunicação aumentativa e alternativa (AAC) podem ajudar pessoas com demência e doença de Alzheimer.

“Só ter aquelas fotos antigas e fotos recentes atrai-o. Ele ainda se lembra de tudo isso. É muito mais uma técnica de redirecionamento, então quando ele está a vaguear pela casa, a minha avó, que é a sua cuidadora, pode usá-lo para ajudá-lo. Depois de saber que os AACs podiam funcionar com pessoas com demência e Alzheimer, eu queria fazer um. É muito bom saber que há coisas que podemos fazer para ajudar nesse processo”, expressou.

O livro também tem fotos dos membros da família de Chuy, dele a trabalhar e de coisas que ele gosta. Só levou à neta três semanas para desenvolver essa solução.

Adaptado de: https://bit.ly/2EDdWeK

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Michaela Howell, nascida em 1996, nos EUA, era uma aluna universitária quando concebeu, em 2018, um livro de recordações para ajudar o seu avô, Jesus “Chuy” Ramirez, que luta contra a demência.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar