• 3830
  • 2
  • 0
  • 1

Homem imprime dedo em 3D para menino para ajudá-lo a jogar basebol melhor

Partilhado por Ana Duarte a 12/06/2018 - 17:12

Sobre a solução

Cruz sofreu um acidente quando tinha 5 anos de idade - ele estava em uma escada rolante em um shopping em Arlington, Texas, quando seu dedo indicador foi pego e tão gravemente ferido que teve que ser amputado. O menino sonhava em ser um jogador de beisebol e o dedo que ele perdeu estava na mão que jogava, o que até tornou o incidente mais difícil de lidar.

Os especialistas disseram a sua família que o dedo protético tradicional não seria uma solução adequada para o seu problema, porque esses dispositivos eram muito rígidos, quebráveis ​​e caros para serem substituídos.

Então Cruz continuou a jogar, adaptando-se a jogar sem o dedo indicador. Mas à medida que ficou mais velho, o jogo tornou-se cada vez mais competitivo e a perda do dedo estava a começar a atrapalhar.

“Como aquele dedo não estava lá, sempre saía do lado ou ia para outro lugar que eu realmente não queria que a bola fosse. Eu estava sempre com medo de estragar e ficar de fora ou não ter tanto tempo de jogo ”, explicou o jogador de basebol.

A mãe de Cruz, Cecília, trabalha no Centro de Ciências da Saúde da UNT, para o Dr. Todd Dombroski, um coronel aposentado do Exército dos EUA, que se tornou experiente em trabalhar com próteses impressas em 3D para tratar militares feridos por bombas no Iraque e no Afeganistão. Um dia ela trouxe o seu filho para o trabalho e o seu chefe ofereceu-se para criar um dedo impresso em 3D para Cruz.

O menino adaptou-se facilmente ao seu novo gadget, que tem as vantagens de ser de baixo custo e durável.

"Eu joguei sem um dedo por tanto tempo e agora que o tenho é muito melhor", disse Ramos. Eu sinto que tenho controlo da bola ”, disse Cruz.

O Centro de Ciências da Saúde da UNT pretende disponibilizar o projeto do dedo prostético impresso em 3D para que possa ser útil a qualquer pessoa.

Adaptado de: https://bit.ly/2l359bq

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Cruz Ramos, que mora nos EUA, é um menino que teve um dos seus dedos indicadores amputado devido a um acidente. Todd Dombroski, um coronel aposentado do Exército dos Estados Unidos, ofereceu-lhe, em 2018, um dedo impresso em 3D para que Cruz pudesse jogar basebol com mais facilidade.

Comentários (1)

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar