• 2072
  • 2
  • 1
  • 0

Pais criam camisas médicas para filho que lutou contra cancro

Partilhado por Ana Duarte a 08/05/2018 - 12:26

Sobre a solução

De acordo com Luke, as camisas do hospital estavam a fazer com que ele se sentisse mais doente. “No início do meu tratamento, eu disse aos meus pais que usar a camisa do hospital me fazia sentir ainda mais doente. Eu só queria sentir-me como uma criança normal. Com isso em mente, projetamos uma camisa longa com encaixes ao longo de cada lado para eu usar no hospital ”, explicou Luke.

Então, os seus pais tiveram a ideia de cortar os lados de algumas das suas t-shirts e costuraram com fita adesiva para permitir fácil acesso aos IVs e linhas. Além da fita adesiva, as camisas médicas são cerca de 3 centímetros mais longas do que uma camisa normal - um comprimento semelhante ao da camisola do hospital - permitindo a privacidade enquanto se veste a camiseta médica.

Dessa forma, quase parece que o rapaz estava a usar uma roupa normal e ele também foi capaz de se sentir mais confortável e confiante.

Quando começou a usar essas camisas, outros doentes começaram a perguntar onde poderiam comprar uma para eles.

Foi aí Ben e Tracy fundaram a Luke's FastBreaks, uma organização sem fins lucrativos que apoia doentes de cancro pediátrico, oferecendo camisas médicas coloridas que substituem os vestidos de hospital.

As camisas médicas da Luke's FastBreaks são compatíveis com ressonâncias magnéticas e raio-X, estando disponíveis em rosa choque, azul marinho, camuflagem, preto, roxo, branco e vermelho. As camisolas começam têm tamanhos de bebé, criança e adulto, permitindo que todas as crianças no hospital encontrem uma camisa médica que lhes sirva.

Esta organização sem fins lucrativos doou milhares de camisas e trabalha em 20 estados, 35 cidades e 46 hospitais e instituições de caridade da Ronald McDonald House.

Adaptado de: https://bit.ly/2I4q1sG

Mais informações: https://lukesfastbreaks.org/
https://youtu.be/9gIqW99Rba0

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Ben e Tracy Lange, dos EUA, são os pais de Luke Lange, que lutou contra linfoma de Hodgkin quando tinha apenas 9 anos de idade (ele agora é um sobrevivente de cancro). Em 2014, eles criaram camisas médicas especiais para o filho, porque as camisas tradicionais de hospital tinham pouco espaço para privacidade e afetavam a auto-estima de Luke.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar