• 1577
  • 0
  • 0
  • 0

O dispositivo Tube-Evac oferece uma maneira rápida, fácil e segura de médicos, enfermeiros, cuidadores e doentes lidarem com tubos cirúrgicos

Partilhado por Vance Shaffer a 22/07/2017 - 03:25

Sobre a solução

O objetivo desta invenção é espremer os tubos que saem do corpo, limpando-os de coágulos e detritos, de modo que a drenagem fluida contínua e ininterrupta possa ser mantida. Os drenos provenientes do corpo precisam ser limpos regularmente. O método atual usado pelos enfermeiros é simplesmente apertar o tubo cirúrgico entre os dedos, usar uma caneta ou usar toalhetes de álcool e puxar a tubulação. As enfermeiras têm feito isso há anos e sabem como fazê-lo bastante bem. No entanto, o doente quase nunca fez isso antes na sua vida e é muito intimidante. Se você conversar com um doente que teve cirurgia e drenos, eles sempre dirão o mesmo. "O pior sobre a cirurgia foi aquela drenagem e a necessidade de limpá-la constantemente". Em uma pesquisa recente, 78% dizem que os drenos são a pior parte da cirurgia.

O dispositivo Tube-Evac não é apenas um dispositivo para limpar drenos cirúrgicos. É muito mais do que isso. Pode mudar a forma como funciona um assoalho de enfermagem, o gerente do piso ficará mais feliz porque os seus enfermeiros podem ser mais produtivos, os cirurgiões não se preocuparão com os drenos dos seus doentes, e estes têm muito mais confiança em cuidar dos seus próprios drenos, e os enfermeiros não terão de se preocupar com a drenagem dos doentes se ensinarem o doente ou o cuidador como fazê-lo com o dispositivo Tube-Evac.

 https://www.youtube.com/watch?v=ReN8fyVkKpo

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Em 1998, a minha esposa Linda foi diagnosticada com cancro de mama no estágio III. Ela optou por uma mastectomia bi-lateral com implantes e, após a cirurgia, foi enviada para casa com drenos cirúrgicos. Eu não estava preparado e senti que estava a fazer um trabalho terrível. Em 2008, os seus implantes tiveram de ser removidos e novamente foi enviada para casa com drenos. E, mais uma vez, senti que estava a fazer um trabalho terrível e sabia que deveria haver uma maneira melhor. Começando com alicates de bomba de água e alguns rolos de metal, comecei o processo de criação do Tube-Evac.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar