• 1136
  • 1
  • 1
  • 0

Amputado desenvolve perna prostética

Shared by Ana Duarte on 21/06/2017 - 14:04

Sobre a solução

"Eu queria voltar a fazer as atividades que eu amava (principalmente corridas de motocross e snowmobile), mas logo descobri que não havia nada que realmente me permitisse retomar o meu caminho antes da minha amputação. Com o meu conhecimento e experiência de mecânica, a experiência de suspensão de afinação no meu equipamento de corrida, comprometi-me a criar o que eu precisava. Depois de quase dois anos de desenvolvimento, criei uma unidade de joelho que é versátil o suficiente para lidar com muitos desportos de ação diferentes e me ajudou a ganhar várias medalhas ESPN X Games nos eventos adaptáveis ​​de motocross e desportos de neve. Nos meus muitos anos de corrida como profissional, aprendi que é preciso alguns componentes-chave para sermos bem-sucedidos: o apoio das pessoas ao seu redor, muita determinação e as ferramentas certas para o trabalho ", explicou.

Mike estava sempre em oficinas e era apaixonado por mecânica desde que era um menino. Então, com a ajuda de alguns amigos, ele começou a projetar e prototipar.

"Eu não senti que houvesse equipamentos disponíveis que funcionassem com meus altos padrões, então, eu estava sendo um solucionador de problemas, assumi o projeto de construir a minha própria perna", explicou o inventor.

Depois de Mike competir no seu primeiro evento desportivo adaptativo, ele logo percebeu que muitos outros amputados poderiam beneficiar do seu equipamento.

Em 2010, ele fundou a sua própria empresa chamada BioDapt. A empresa projeta, fabrica e distribui componentes prostéticos de membros inferiores de alto desempenho usados ​​para desporto de ação e outras atividades similares. O objetivo é fabricar componentes de alta qualidade e altamente versáteis que permitem que os amputados participem em desportos e atividades.

Mais informações: http://www.biodaptinc.com

Adaptado de: http://bit.ly/2tsLzs8
https://youtu.be/B1JWYnNUcvo

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Mike Schultz, dos EUA, é um piloto de snowmobile profissional que perdeu sua perna acima do joelho em 2008, devido a uma lesão durante a corrida. Ele desenvolveu o Moto Knee, uma perna de prótese, para que ele pudesse continuar correndo, depois que descobriu que não havia nada no mercado para permitir que ele fizesse esse esporte.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar