• 2672
  • 1
  • 1
  • 0

Epilepsy alert device

Shared by Ana Duarte on 23/06/2016 - 19:45

Sobre a solução

Tom, nascido em 1994, sofre desta doença desde que nasceu. Este doente pode ter até 24 convulsões num dia, frequentemente quando está a dormir, e tem dificuldades de aprendizagem devido à sua condição.

A família do Tom sempre se preocupou muito com as suas convulsões durante o sono. O dispositivo que tinham para o vigiar não era muito eficaz, e falhava em detetar todas as convulsões.

Foi por isso que Adrian e Chris se juntaram e fundaram a sua própria empresa – Adris Technologies - tendo desenvolvido PulseGuard, um sensor usado por doentes de Epilepsia que transmite as leituras do ritmo cardíaco para uma app de iPhone. A invenção funciona ao acender uma luz, com um sensor a detetar o fluxo de sangue e a registar com precisão as leituras do ritmo cardíaco. Quando o ritmo cardíaco aumenta de forma significativa, o que acontece antes de uma convulsão, um alarma dispara no smartphone ou iPad, o que significa que as pessoas podem socorrer o doente mais cedo.

"Todos os pais com um filho que sofre de Epilepsia e tem sintomas como os do Tom sabem que a vida pode ser muito stressante e cheia de preocupações, especialmente com noites de sono muito perturbadas.

Por isso estamos muito felizes por tentar ajudar outras famílias a beneficiar da nossa experiência e pesquisa ao tornar a nossa invenção disponível para eles", explicou o pai do Tom.

Depois de ter a ideia, a dupla começou a contactar especialistas, para ter alguma ajuda na construção da app. Um neuro cientista respondeu e ajudou-os de forma gratuita.

A equipa levou dois anos a criar o produto e fazer ensaios clínicos.

Mais informação: https://www.pulseguard.org/

Adaptado de: http://bit.ly/2jX9GO7

E você, tem algumas soluções? Por favor partilhe-as com a comunidade Patient Innovation!

https://www.youtube.com/watch?v=2L8A6nDlO_0 to pt-pt

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Adrian e Chris Perry, pai e irmão de Tom Perry, respetivamente, nascidos no Reino Unido, criaram PulseGuard para Tom, em 2014, que sofre de Síndrome de Dravet (uma doença epilética rara e genética), para o manter vigiado. O dispositivo consiste numa sensor que é usado pelo doente de Epilepsia e transmite as leituras do ritmo cardíaco via wireless para uma app móvel.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar