• 2344
  • 1
  • 1
  • 0

Pai cria "talas inteligentes" impressas em 3D

Partilhado por Ana Duarte a 05/10/2015 - 11:27

Sobre a solução

Os moldes de James eram quentes, desconfortáveis e caros, e por isso o seu pai, que é professor e chefe do departamento de engenharia de transportes da Universidade de Auckland decidiu criar novas talas.

Ao colaborar com um neurologista pediátrico, Dr. Rakesh Patel, e com o Professor Xu Xun, um professor e conferencista, Douglas foi capaz de desenvolver talas inteligentes que são mais baratas e mais confortáveis. As talas ajudam a realinhar os pés de uma criança e promover o movimento mais fácil. A sua produção custa US $ 50.

As talas inteligentes são feitas através da criação de scans eletrónicos ou usando fotografias do membro afetado, onde um molde é impresso, o que representa um ajuste exato da tala digital, e depois as talas são então impressas em 3D.

Wilson e Dr. Patel tiveram a ideia em 2013, e criaram quatro protótipos como provas de conceito para crianças com paralisia cerebral, distrofia muscular e outras deficiências.

"Com paralisia cerebral, por causa do seu problema neurológico, os seus pés assumem posições estranhas porque os músculos puxam em direções diferentes," diz o Dr. Patel. "Isso significa que eles não podem andar corretamente, pelo que o que tentamos fazer é corrigir a posição. Além disso, melhora as chances fazê-los permanecer na posição vertical".

De acordo com Dr. Patel, as talas podem ser usadas para ajudar pessoas com derrame cerebral, lesão da medula espinal, poliomielite, esclerose múltipla, neuropatia periférica, artrite, e mesmo talvez mesmo ossos quebrados.

Estudantes de graduação de engenharia vão completar ensaios clínicos.

Adaptado de: http://3dprint.com/48197/smart-splints/

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

O filho de Douglas Wilson, James Wilson, 14 anos, sofre de síndrome de Lennox-Gastaut. É uma forma de epilepsia que o deixou com limitações físicas, e, como resultado, ele precisa de usar moldes ortopédicos nos seus pés para ajudá-lo a ficar de pé.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar