• 1904
  • 0
  • 0
  • 0
  • Help Ukraine

Investigadores desenvolvem um dispositivo capaz de monitorizar tendências de doenças semelhantes à gripe para auxiliar mecanismos de prevenção

Partilhado por sara.di.fabio@p... a 07/04/2020 - 10:40

Sobre a solução

Cientistas da Universidade de Massachusetts desenvolveram um dispositivo portátil, o FluSense, alimentado por inteligência artificial para detectar tosse e tamanho da multidão em tempo real. O dispositivo analisa os dados que são usados para monitorizar tendências em doenças semelhantes à gripe, como o Covid-19.

A plataforma FluSense processa um conjunto de microfones de baixo custo e dados de imagem térmica. Informações de identificação pessoal, como dados de fala ou imagens distintas, não são armazenadas na plataforma. Os investigadores desenvolveram um modelo de tosse em laboratório e treinaram o algoritmo para criar imagens térmicas representando pessoas e depois contá-las.

O dispositivo é destinado a hospitais, salas de espera de assistência médica e espaços públicos maiores. Os pesquisadores observaram que modelos como este podem salvar vidas, informando a resposta da saúde pública durante uma epidemia de gripe. Os dados coletados podem ajudar a determinar o momento das campanhas de vacinas contra a gripe, as possíveis restrições de viagens, a alocação de equipamentos médicos e muito mais.

O FluSense foi colocado numa caixa retangular do tamanho de um grande dicionário, em quatro salas de espera de serviços de assistência médica. De dezembro de 2018 a julho de 2019, colectou e analisou mais de 350.000 imagens térmicas e 21 milhões de amostras de áudio sem fala de áreas públicas de espera.

"Isso pode nos permitir prever tendências da gripe de uma maneira muito mais precisa", disse Tauhidur Rahman, co-autor do estudo publicado na revista Proceedings of the ACM on Interactive, Mobile, Wearable and Ubiquitous Technologies.

Os investigadores descobriram que o FluSense foi capaz de prever as taxas diárias de doenças na clínica da universidade. "Pensei que se pudéssemos capturar sons de tosse ou espirros de espaços públicos onde muitas pessoas se reúnem naturalmente, poderíamos utilizar essas informações como uma nova fonte de dados para prever tendências epidemiológicas", acrescentou Rahman.

Adaptado de: https://yourstory.com/2020/03/portable-ai-device-monitor-coronavirus-cov...
Para mais informações: https://dl.acm.org/doi/10.1145/3381014

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Isenção de responsabilidade: Esta solução foi escrita por alguém que não é o autor da solução, portanto, pedimos esteja ciente de que, embora tenha sido escrita com o maior respeito pela inovação e pelo inovador, pode haver algumas declarações incorretas. Se encontrar algum erro, entre em contacto com a equipa do Patient Innovation via info@patient-innovation.com

Sobre o autor

Forsad Al Hossain, Andrew A Lover, George A Corey, Nicholas G Reich e Tauhidur Rahman são os autores do estudo FluSense. Eles criaram um dispositivo de vigilância capaz de coletar dados para monitorizar doenças semelhantes à gripe nas áreas de espera de hospitais. A ideia é usar os dados coletados para prever doenças.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar