• 1775
  • 1
  • 1
  • 2

Estudantes desenvolvem dispositivo para ajudar menina com limitação física

Partilhado por Ana Duarte a 17/04/2019 - 18:53

Sobre a solução

Stella pode fazer um monte de coisas de forma independente, mas é difícil para ela ir à casa de banho sozinha porque é muito difícil para ela puxar as calças para cima.

Jodi Carroll, a terapeuta ocupacional da menina, tentou encontrar uma solução e até ligou para algumas empresas de roupa, mas não obteve resposta. E foi aí que ela entrou em contacto com alunos da escola secundária local. Quando eles foram apresentados ao desafio, imediatamente agiram.

“Como educadores, devemos confiar fielmente uns nos outros e acreditar que um mundo sem barreiras para nossos alunos começa com o trabalho que fazemos todos os dias. Os alunos não hesitaram em aceitar o desafio de inventar algo elegante, discreto e prático. Acredito que isso fala muito sobre a sua tenacidade, ética de trabalho e espírito em ajudar os outros”, disse Kim.

Numa semana, os alunos criaram um protótipo de um dispositivo impresso em 3D. Consiste numa pequena barra de plástico que se encaixa nas calças de Stella, permitindo que ela use as suas roupas sem que elas rolem ou dobrem para fora do seu alcance. O projeto estará em andamento; os alunos continuam a trabalhar nas modificações do dispositivo enquanto Stella cresce.

 "Eu sabia que eles iam inventar algo. Estou muito agradecida por esses jovens terem-se juntado para ajudar a minha filha, é maravilhoso", afirmou a mãe da menina.

Adaptado de: http://bit.do/ePNnL
https://www.charemisd.org/a-stellar-invention-for-stella/

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Um grupo de estudantes americanos do ensino secundário inventou, em 2018, um dispositivo impresso em 3D para que Stella Maplass, que tinha 6 anos na época, fosse capaz de puxar as calças para cima quando precisasse de ir à casa de banho. A menina sofre de Arthrogryposis Multiplex Congenita (AMC), uma condição rara que limita a sua capacidade de estender completamente os seus braços e pernas.

Comentários (2)

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar