• 3110
  • 2
  • 3
  • 0

Equipa desenvolve prótese de língua para ajudar colega que teve cancro oral a falar novamente

Partilhado por Ana Duarte a 04/03/2019 - 17:46

Sobre a solução

Shogo foi auxiliado por uma equipa de investigadores da universidade depois de Kenichi ter tido a maior parte de sua língua removida cirurgicamente. Como ele não era capaz de falar, ele pediu ajuda a Shogo, que criou uma nova prótese que lhe permitiria falar.

O professor começou a trabalhar no desafio examinando as próteses de língua existentes e encontrou apenas um artigo sobre o assunto, no Japão, no qual a língua artificial fazia parte de uma dentadura e não podia ser movida.

“Desenvolver uma prótese oral é um processo meticuloso para os doentes. Desta vez, conseguimos criar uma prótese realmente boa rapidamente graças a Kozaki, que é dentista. Ele tentou várias versões diferentes da prótese e ofereceu-nos um feedback detalhado ”, explicou o inventor.

A equipe de Shogo Minagi desenvolveu uma solução tendo em conta que sempre que alguém fala, a língua tem que tocar o palato, mas o problema é que pessoas sem língua não são capazes de realizar essa ação.

A nova prótese é feita de resina, move-se para cima e para baixo na boca ao ser conectada aos dentes posteriores por um fio. O utilizador controla o dispositivo empurrando-o com a base restante da sua língua.

O líder da equipa também acrescentou que alguns utilizadores podem usar um enchimento de resina sobre o palato para facilitar o contacto do dispositivo.

Agora, a equipa espera que a inovação esteja disponível em todo o mundo - e é por isso que eles usam materiais que já são amplamente utilizadores por esses profissionais do setor.

“Utilizamos materiais que já são amplamente usados, portanto, qualquer técnico em prótese dentária pode fazer esse tipo de prótese. Gostaríamos de partilhar amplamente o nosso know-how com clínicas em todo o país, para ajudar o maior número de pessoas possível ”, expressou.

Na altura do desenvolvimento, pelo menos quatro pessoas estavam prestes a obter estas línguas artificiais.

Adaptado de: https://bit.ly/2ELTZ5z

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Shogo Minagi, nasceu e vive no Japão, é professor de medicina dentária na Universidade de Okayama e inventou a primeira prótese de língua móvel do mundo. Shogo criou este dispositivo em 2015, a pedido do seu colega Kenichi Kozaki, também professor de dentária, que tinha sido diagnosticado com cancro de língua em 2014 e não podia falar porque teve a maior parte da sua língua removida.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar