• 658
  • 0
  • 0
  • 0

Diabético cria protocolo de código aberto para produzir insulina

Shared by Ana Duarte on 26/04/2018 - 14:02

Sobre a solução

Anthony é um investigador médico e bio-hacker. Ele e a sua equipa estão a trabalhar num protocolo para extrair insulina de células de levedura geneticamente modificadas e produzir um medicamento genérico a um custo de cerca de US $ 10 para um fornecimento de um mês. De acordo com o bio-hacker, os utilizadores poderão eventualmente produzir o medicamento nas suas casas.

“O estado da arte no tratamento do diabetes mudou pouco em décadas, algo que me deixa pessoalmente frustrado como muitos outros que vivem com diabetes. Seja direta ou indiretamente, esperamos que o nosso trabalho melhore o acesso à insulina. ”

A ideia de criar insulina passou pela cabeça do investigador médico depois de ele ter co-fundado, em 2011, o Counter Culture Labs, um biohackerspace. Em 2015, Anthony conheceu Isaac Yonemoto, que tem experiência em insulina e Arcturus BioCloud, uma startup de biotecnologia que poderia fornecer serviços de síntese de DNA.

Uma equipa estava a começar a ser formada e, em seguida, foi lançada uma campanha de crowdfunding para ajudá-los a realizar as suas experiências, que começaram em 2016.

Até agora, o grupo conseguiu criar, com sucesso, proinsulina. Os próximos passos serão cortar e dobrar a proinsulina para produzir insulina.

“Mais imediatamente, temos o objetivo de estabelecer um marco no que pode ser feito pelos biohackers num laboratório modestamente financiado e equipado e inspirar os outros a assumir projetos mais ambiciosos e partilhar o conhecimento que desenvolvemos ao longo do caminho sobre como fazê-lo. Espero que, a longo prazo, isso capacite as pessoas que trabalham em ambientes de pequena escala para não apenas duplicar o que já pode ser feito em grandes laboratórios e fábricas, mas realmente inovar ”, disse o mentor do projeto.

Adaptado de: https://bit.ly/2KivcXB

Mais informações: http://openinsulin.org

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Anthony DiFranco, dos EUA, é um paciente diabético que foi diagnosticado em 2005. Ele é um dos mentores do Projeto Insulina Aberta, o primeiro protocolo de código aberto para produzir insulina de forma simples e econômica.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar