• 3577
  • 2
  • 3
  • 0

Doente cria bicicleta que não requer a utilização de pernas

Partilhado por Ana Duarte a 17/02/2017 - 17:05

Sobre a solução

Porque auxiliares de locomoção no seu país são muito caros, ele construiu a sua própria solução, para que pudesse ser capaz de usar um dispositivo de mobilidade que não dependesse das suas pernas e ainda pudesse transportabilidades-lo, sendo de baixo custo.

"O meu pai não tinha dinheiro para mim, por isso é que eu nunca fui para a escola. Eu nunca "aprendi" nada. Eu sempre gostei de reparações de bicicletas, e é por isso que eu acabei a construir cadeiras de rodas ", explicou.

A fim de ajudar os outros em condições semelhantes, Robert criou a Fundação Mboyo, em 1997, que oferece cadeiras de rodas gratuitas e outros auxiliares para aqueles em necessidade, a um melhor preço. Uma única muleta pode custar cerca de 15 euros e uma cadeira de rodas até 300 euros.

"Muitas pessoas que vivem com uma deficiência não conseguem encontrar um emprego e muitas não são educadas", disse o inventor.

Adaptado de: http://bit.ly/2lrhUym
https://youtu.be/CmVsveawU5g

Esta solução não deverá mencionar o uso de drogas, químicas ou biológicas (incluíndo alimentos); dispositivos invasivos; conteúdo ofensivo, comercial ou inerentemente perigoso. Esta solução não foi validada medicamente. Prosseguir com atenção! Em caso de dúvidas, por favor consulte um profissional de saúde.

Sobre o autor

Robert Mboyo, nascido na República Democrática do Congo, em 1980, contraiu poliomielite numa idade jovem e perdeu o uso de sua perna esquerda a partir do anca. Então inventou um dispositivo de mobilidade que lhe permite usar as mãos, em vez de pés nos pedais.

Gostar da solução
Fechar pt
Fechar